Crônicas

A “Receita” de Anco Márcio depois de O Pasquim

o ator e bom ator anco márcio...
Humberto de Almeida
Escrito por Humberto de Almeida

Em alguns jornais da província trabalhamos juntos. Também juntos fizemos um jornal: Jornal de Festa. Foram poucos números. Desse fomos editores e colunistas.  Criamos Jacinto Leite Aqui no Rego, Jones Perma, Hedy Lara Pio, Bleno Raghia e outros menos famosos. Todos colunistas de humor. Também escrevemos, estilos parecidos, textos a quatro mãos.  Por sinal, foi Anco Marcio quem telefonou, manhãzinha daquele sábado, para deixar o recado:

– “1berto está por aí”?

– Dormindo. Alguma coisa?

– Ah, é Anco. Nada não. Só para avisar que um amigo dele morreu…”.

Perguntei depois de me despedir de Hypnos

– Um amigo?! Quem seria esse amigo?

Perguntei depois de me despedir de Hypnos.

– Um “tal” de fausto Wolff…

Foi a resposta.

Era manhã de sábado, 06 de setembro de 2008. Na sexta-feira Fausto trocava de roupa e se mudava para outra cidade.

Anco Márcio era um jornalista temido por muitos. O melhor texto de humor destas plagas. Se preciso fosse, perderia o amigo, nunca a piada. Mas, por outro lado, esse o lado profissional, se o “inimigo” fosse bom mesmo respeitava o talento do “inimigo”.

 Acho desnecessário, nesse momento, falar mais sobre o amigo que também trocou de roupa e foi morar noutra cidade, assim como Fausto Wolf, numa sexta-feira, 22/06/2013, aos 68 anos. Causa mortis: famigerados AVC.

Portanto, antes de mostrar um pouco dele, uma de suas ótimas crônicas (muitas eram copiadas e coladas nas paredes de casas comercias, barbearias e outras), a “Receita”, neste espaço espalhada, deixemos que Anco fazer o que gostava de fazer e muito: falar nele e dele. Tudo de bom ou ruim. Mais de bom.  – Humberto de Almeida.

 Quem é Anco Márcio

(Por Anco Márcio – em 18/12/2008 às 08h35)

-Diplomado em Artes Cênicas e Psicologias

-Jornalista e radialista há 50 anos

-Ator de vários filmes, um deles dirigido por Glauber nos anos 60/70

-Único humorista nordestino a ter página no Pasquim

-Redator de humor da Tupi

-Diretor Artístico da Tupi

-Redator de Os Trapalhões

-Criador do Edição Extra, o Pasquim da Paraíba

-Prêmio de Melhor Ator no Festival Nacional do Estudante

-Prêmio de Melhor Ator, Melhor Diretor, em Diário de um Louco de Gogol em São Paulo

-Ganhador de vários Prêmios de Reportagem em João Pessoa

-Ganhador do Prêmio de Poesia sobre a Consciência Negra do MEC

-Professor de teatro em escolas particulares de João Pessoa

-Professor de Teatro em escolas públicas de João Pessoa (ocupação atual)

-Criador do segundo Portal de Notícias de João Pessoa

-Colunista do Correio, Norte e A União

-Fez, como ator, na Paraíba, os filmes Prelúdio no Silêncio, 24 horas, Arribação e O Estranho Caso de Leila

-Autor de diversas peças infantis

Autor dos livros:

Levanta que o Leão é Bravo

A invasão do Reino Encantado de Mimesópolis

Historinhas de Ninar

Canto chão e outros.

-Editor e diretor de jornal em João Pessoa

-Considerado por Jaguar e Ziraldo como O Sucessor de Millôr Fernandes

Vamos ficar por aqui para não cansar.

Receita

Por Anco Márcio – em 17/09/2005 às 11h44

anco márcio quando jovem...

anco márcio quando jovem…

Não queira brigar com a vida que passa. O tempo voa. O tempo corre e você vai sendo levado por ele. Não adianta querer ser mais jovem do que é na verdade.Se você não aguenta transar duas,três vezes, transe uma apenas.Se não puder nenhuma, paciência, parta para soluções alternativas.

Sua pele antes parecendo uma seda perdeu o viço da juventude?Isso é mais do que natural, pois você não é mais jovem. Suas pernas antes tão fortes e elásticas, agora se cansam facilmente. Paciência. São os anos passando. É a maturidade chegando. É você ficando mais velho.

Você agora dorme menos, acorda mais cedo A Aguente!Deve ser a vida lhe dando uma maior chance. Dando mais tempo para você ficar vivo!

Seus cabelos estão rareando?Ora, mas isso é natural, acontece com qualquer um. Se você tem uma basta cabeleira branca,mostre pra todo mundo! Nada de querer pintá-la para ficar da cor-de-macaco-prego. Nada mais ridículo!

Nem muito menos invente de “fazer uma cabeleira”, puxando os fios de trás pra frente e dobrando tudo pro lado. Seja velho, mas não seja ridículo.

Aquele brotinho da casa de frente que só vive de shortinho e troca de roupa na sua frente de janela aberta não está querendo lhe provocar. Esqueça isso. Simplesmente ela acha que você é babaneira-que-já-deu-cacho e nem está se interessando mais.Não pense que a menina é tarada e nem queira bancar o pedófilo.

E, se por acaso você se apaixonar por uma de mais ou menos 16 ou 17 anos, esqueça isso imediatamente! Vão perguntar em todo canto que você chegar com ela se é sua neta ou bisneta. Não banque o ridículo. Procure um médico. Um psiquiatra. Um psicólogo. Uma mãe de santo. Um pai de santo. uma entidade qualquer. Mas se afaste dela.

Já pensou se por acaso você fizer um filho nela, por um desses milagres da natureza? Escuta o que vão dizer quando você passar:

– Lá vai o chifrudo velho!

Comentários

Print this entry

Sobre o Autor

Humberto de Almeida

Humberto de Almeida

Jornalista e escritor paraibano. Somente um pouquinho mais tarde viria o 1berto de Almeida – nasceu, cresceu, viveu e, mesmo não morando mais em Jaguaribe, nele ainda vive.

%d blogueiros gostam disto: