MEU PAÍS PEQUENININHO

by Campista Cabral | 28/08/2017 17:26

Meu país pobre pequenininho, miserável e coitadinho…

Que pena tenho de você!

Meu país cansado, cansado, exausto de nada fazer!

Tenho pena de você!

Meu país do jeitinho! Jeito de tudo e pra tudo até ficar quietinho, escondidinho!

Mas que pena de você!

Meu país do escuro, do fracasso, do racismo, do toma lá da cá, do vamos ver o que é que há…

Quanta pena de você!

Meu país dos pobres mais pobres, das favelas incontáveis e do sem número de miseráveis!

Muita pena! Muita pena de você!

Meu país que nunca cresce, ao contrário, mais embrutece e mais emburrece!

Uma pena doída de você!

Uma pena pelos engravatados que sugam e sangram e tiram o futuro cotidianamente.

Uma pena pela violência de guerra que rouba vidas constantemente.

Uma pena pelas riquezas perdidas, roubadas, vendidas inescrupulosamente.

Uma pena pelas reformas capengas, contraditórias, aprovadas friamente.

Uma pena pelos desmandos de quem deveria fazer justiça, simplesmente!

Meu país é deste tamaninho…

Pequeno, medíocre, feinho…

Meu país é curvado, acovardado, sozinho.

Magro, esquelético, quase um bichinho…

Por isso, enquanto persistirem homens que nunca pensam na ideia de nação, mas, ao contrário, pensam apenas em interesses mesquinhos, o meu país será um país pequeno, cabisbaixo, miserável e coitadinho…

 

 

Comentários

Curtir isso:

Source URL: http://cronicascariocas.com/colunas/cronicas/meu-pais-pequenininho/