Crônicas

PEDE PRA SAIR

Campista Cabral
Escrito por Campista Cabral

Não enrola, vamos embora que já passou da hora!

Vamos, vamos! não demora!

Que o Brasil sua todo o dia  a camisa da agonia!

Não enrola, vamos embora que já passou da hora!

Que o Brasil quer um cara decente, decerto prudente, para presidente!

Vamos, Vamos, Vamos!

Mexa-se! É a hora! Não enrola! Dá o fora!

Que esse país precisa de limpeza com certeza!

Ele sangra a todo tempo sem distinção de hora ou momento!

O indigesto imposto, a velha fila e a falta de saneamento!

Ele morre, aos poucos, com toda essa grande sacanagem!

Desde a colônia, a sede de pilhagem!

Vamos embora! Que é urgente a hora!

Pede pra sair porque não há mais nada para fazer aqui!

Comentários

Print this entry

Sobre o Autor

Campista Cabral

Campista Cabral

Escritor, poeta e cineasta amador. Publicou quatro livros. O REI, O POETA, A MULHER E O MAR (contos), TERRA BRASILIS (crônicas), PARA ENTENDER UMA NOVA EDUCAÇÃO (livro voltado para os problemas da educação no século XXI) e FORMAÇÃO DOCENTE E PRÁTICAS INOVADORAS (livro sobre novas práticas docentes no ensino superior). Realiza anualmente o FESTIVAL DE CINEMA DE TERESÓPOLIS e, dentre alguns trabalhos na área, destaque para o filme NOITES COM SOL (2011) e os documentários PALAVRAS (2008), CAMINHOS EUCLIDIANOS (2012) e O QUE É FELICIDADE? (2013). Escreve regularmente para o Escritartes (www.escritartes.com) e Recanto das Letras (www.recantodasletras.com)

Facebook
%d blogueiros gostam disto: