Crônicas

UM POUCO DE PAZ

Campista Cabral
Escrito por Campista Cabral

Hoje, pelo menos hoje, quero esquecer das injustiças de um mundo cada vez mais egoísta!

Não quero falar da mesquinharia dos homens ou da impaciência desse tempo.

Não quero falar das notícias dos jornais, do sangue e das balas perdidas e tampouco das estatísticas.

Hoje, pelo menos hoje, quero esquecer que algumas pessoas dão mais valor ao dinheiro que a própria vida!

Hoje, pelo menos hoje, quero esquecer das brutas palavras, das canções sem letra, do vazio do vazio, da cultura inútil, dos politicanalhas, da imbecilidade e da superexposição das coisas, da vida e das gentes…

Não quero escrever sobre a demência do mundo ou sobre a alienação cortante.

Não quero falar da geração de zumbis, não quero falar da falta de senso ou da noção de ridículo.

Hoje, pelo menos hoje, o silêncio, o terno silêncio ou a voz das crianças, a canção amiga, o beijo estalado, a singela crônica que, alheia ao caos, se assemelha a um abraço, a um pão quentinho, a um simples carinho…

Hoje, pelo menos hoje, quero esquecer da barbárie cotidiana, da falta de amor nos olhos e da terrível indiferença dos seres.

Hoje, pelo menos hoje, quero que pequenas palavras possam aquecer os que sentem o pior dos frios, o frio das ideias, o frio dos desejos, o frio de viver só e pensar apenas em si… o frio da alma!

Hoje, mais um dia recomeça e, na luta diária de recomeços, quero, hoje, um pouco de paz!

Comentários

Print this entry

Sobre o Autor

Campista Cabral

Campista Cabral

Escritor, poeta e cineasta amador. Publicou quatro livros. O REI, O POETA, A MULHER E O MAR (contos), TERRA BRASILIS (crônicas), PARA ENTENDER UMA NOVA EDUCAÇÃO (livro voltado para os problemas da educação no século XXI) e FORMAÇÃO DOCENTE E PRÁTICAS INOVADORAS (livro sobre novas práticas docentes no ensino superior). Realiza anualmente o FESTIVAL DE CINEMA DE TERESÓPOLIS e, dentre alguns trabalhos na área, destaque para o filme NOITES COM SOL (2011) e os documentários PALAVRAS (2008), CAMINHOS EUCLIDIANOS (2012) e O QUE É FELICIDADE? (2013). Escreve regularmente para o Escritartes (www.escritartes.com) e Recanto das Letras (www.recantodasletras.com)

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: