Poesias

Aquela que veio para me amar

Roberto Ferrari
Escrito por Roberto Ferrari

A minha amada chegou de repente
A minha amada veio em silêncio
Eu só ouvia a voz da sua alma
Eu só aguardava pelo seu beijo.

A minha amada veio da noite
Mais bela do que o luar
Entregue ao meu amor
Em um momento de emoção.

A minha amada veio sorrindo
O olhar lascivo, desejoso de mim
Os braços abertos a me chamar
Linda e apaixonada.

Ao ver-me, triste e vazio
Saudoso do seu amor
Beijou-me com paixão
E jurou amor eterno.

Depois nos amamos loucamente
Na noite imaculada
Tendo por plateia as estrelas

E por confidente a Lua.

Senti-me aprisionado ao seu amor
Jurei a ela entrega e paixão
Ofereci-lhe uma rosa, uma poesia

Como sinal do meu respeito.

Muitas auroras chegarão
Muitas noites nos abrigarão
Enquanto nos amamos
Amada, tu é a luz da minha vida.

Comentários

Print this entry

Sobre o Autor

Roberto Ferrari

Roberto Ferrari

Roberto Ferrari nasceu em São Paulo no ano de 1957, e se formou engenheiro e fez duas pós-graduações. Aos 54 anos de idade resolveu seguir sua real vocação: Escrever. Roberto iniciou sua carreira literária em 2011 e já publicou os livros: Sublime Amor, Ventos da Paixão, Identidade Assassina, Fundamental como o Amor, Refúgio da Alma, Negócios de Sangue, Intenso como a Vida, Mansão Molnár, Juras Apaixonadas, O Ceifador de Almas e Suplício de Amor.
Roberto Pertence a varias Academias de Letras e é Presidente da ACLASP- Academia de Ciências, Letras e Artes de São Paulo.
Roberto já recebeu diversas homenagens e entre elas pode-se destacar a feita pela ABRASCI que o elegeu para ocupar a cadeira de nro 39, cujo patrono é Vinicius de Moraes. No transcorrer de sua curta carreira, Roberto já participou de mais de 100 Antologias Poéticas. Como ele mesmo diz o trabalho em prol da cultura, é árduo, porém dignificante.