Dicas de Português

COMO NÃO USAR A CRASE

O acento grave, sinal que serve para indicar crase, ou seja, a fusão de “a + a”. Ele é apenas um sinalzinho com inclinação à esquerda, mas deixa muita gente de cabelo em pé. Para aprender a colocar a crase corretamente, pode-se fazer um joguinho, começando a racionar por onde não colocar o acento em lugar proibido. Há certas construções em que ele não cabe, pois falta metade: um dos “a + a” não comparece. Por exemplo, o artigo definido feminino “a” não pode ser usado em determinadas situações, o que, por exclusão, nos leva ao raciocínio de que o “a” da construção é apenas a preposição “a”.

QUANDO O USO DA CRASE É TOTALMENTE PROIBIDO

Em todas as situações a seguir, o acento da crase é expressamente proibido, pois o artigo definido feminino “a” não pode aparecer. Assim, não ocorre crase antes de:

1) Substantivo masculino: Foi a júri, falei a respeito, ir a bordo, a pé, a laser;
2) “a” no singular + palavra no plural: a folhas, a duras pena, referiu-se a pessoas;
3) Artigo indefinido uma: falei a uma pessoa, referi-me a uma lei;
4) Pronome pessoal: falei a ela, a mim, a ti, a nós;
5) Os seguintes pronomes indefinidos: falei a ninguém, enviei a pouca gente, referi-me a toda pessoa, a qualquer pessoa, a cada pessoa, não falei a nenhuma pessoa, falei a alguma pessoa, falei a muita gente, falei a bastante gente, falei a alguém;
6) Os pronomes demonstrativos esta e essa: falei a esta pessoa, referi-me a essa lei;
7) Verbo infinitivo: a partir de, a combinar, a começar;
8) Pronomes de tratamento iniciados por Vossa ou Sua: falei a Vossa Senhoria, requer a Vossa Excelência;
9) Pronome de tratamento você: falei a você;
10) Pronome cujo: vi a pessoa a cujo caráter fizemos alusão;
11) Pronome quem: vi a pessoa a quem você diz obedecer;
12) Não ocorre crase em expressões em que usamos palavras repetidas: face a face, cara a cara.

USO DE ‘ANTE’, ‘CONSIGO’, ‘ETC’ e ‘SEQUER’,

Ante/Anti

Ante se relaciona a “antes”, enquanto anti significa “contra”.
Ex: Antedatou o documento.

Construíram abrigos antiaéreos.

Consigo

Consigo é pronome reflexivo e não deve ser usado com o sentido de “com você” ou “com o senhor”.
Ex: Queria falar com você.
(e não Queria falar consigo.).

Estava só na fala, falando consigo.

 

Etc.

Etc. não deve ser usado para pessoas, mas somente para coisas.
Ex: Comprei bananas, pêras, maças, etc.

 

Sequer

Sequer significa: ao menos, pelo menos.
Quando precedido pela preposição não ou nem, o termo sequer implica a idéia de negação. Quando falta tal precedência, inexiste o sentido de negação.

Ex: Ele nem sequer mencionou minha presença.
Se ambos tivessem sequer um pouco de boa vontade, daria certo.

Ocorre que, ultimamente, as pessoas passaram a eliminar o advérbio não ou a conjunção nem, embora indispensáveis no primeiro dos exemplos.

Print this entry

%d blogueiros gostam disto: